terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

4ª Regra: Utilize todos os sentidos juntos


Os cinco sentidos são os guias da alma.
(Leonardo da Vinci)

Olá, que bom vê-lo de novo, quero dizer, escrever de novo para você.

Neste momento você está captando essa mensagem utilizando a visão, mas ao mesmo tempo pode estar captando outras mensagens ao seu redor através da audição, do olfato, do tato ou talvez até do paladar se estiver com um suco do lado. Todos os seus sentidos estão trabalhando para perceber o que está ao seu redor. Na realidade, tudo o que aprendemos entra pelos nossos sentidos.

4ª Regra: Utilize todos os sentidos juntos



Imagine uma estátua no centro da cidade. Ela não tem nenhum sentido. De repente ela adquire o sentido do olfato e passa uma mulher carregando flores, ela sente o cheiro das flores. Depois passa um homem carregando espetinho e ela sente o cheiro dos espetinhos e começa a perceber diferenças. Depois passa um caminhão de lixo e ela faz comparações, sendo um agradável, outro mais forte e assim vai. De repente ela adquire o sentido da audição. Quando passa a mulher carregando flores ela sente o cheiro, mas não ouve nada. Quando passa o homem carregando espetinhos ela ouve “olha o espetinho, olha o espetinho!”. Quando passa o caminhão ela escuta “vruuuummmm” e assim vai. Depois ela adquire o sentido da visão e começa a perceber que de dia há muita luz, há muito movimento, muito barulho, cheiro... de noite há pouca luz, pouco movimento, silêncio... É através dos sentidos que o mundo é percebido e é através deles que nós vamos aprender.

Já aconteceu com você de sentir um cheiro e lembrar de alguém? Ou ouvir uma música e lembrar de uma situação? Pois bem, os sentidos se interagem, associando as coisas. Por isso, quanto mais sentidos você utilizar no seu aprendizado, melhor será. Há pessoas que são visuais, ou seja, aprendem mais vendo. Outras são auditivas, aprendem mais ouvindo. E outras são sensitivas, aprendem mais mexendo nas coisas. Você deve descobrir qual é o seu melhor sentido e aplicá-lo mais, mas a interação de todos sempre será melhor.

Experimente ouvir, ler, escrever e falar sempre que estiver estudando, seja filmes, livros, músicas, entrevistas etc. E depois de conseguir fazer tudo junto separe os sentidos, e tente fazer cada coisa isolada para desenvolver cada sentido isoladamente. Ou seja, só ler, só ouvir, só escrever, só falar.

Você lembra quais foram as quatro regras que ensinei até agora? Escreva-as num papel, pronuncie em voz alta e conte-as para alguém. Você nunca mais irá esquecê-las.

Um grande abraço,
Até amanhã,
FS Costa

O que achou da postagem?
5 - excelente, 4 - bom, 3 - regular, 2 - ruim, 1 - péssima.
Deixe seu comentário e concocorra a um curso online.

3 comentários:

  1. Ola Felipe, 4 dia, estou gostando nota 3

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de compartilhar um pensamento:

    "Quando eu ouço, eu lembro;
    Quando eu vejo, eu aprendo;
    Quando eu faço, eu sei!"

    utilizando os sentidos na aprendizagem...
    é assim que aprendemos desde que nascemos!

    um abraço...

    ResponderExcluir
  3. Boa dica!
    Nosso processo de aprendizagem é facilitado quando possuímos consciência das nossas aptidões.

    Abraço
    Virgínia

    PS: Ontem o espaço para enviar um comentário sobre a 3º dica estava desabilitado. Considero a terceira regra uma das melhores entre as que já foram apresentadas. Aprender compartilhando é prazeroso. Aprender e ensinar estimula a continuidade dos estudos.

    ResponderExcluir